segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Impressionista

Impressionista (Adélia Prado)

Uma ocasião,

meu pai pintou a
casa
toda de alaranjado
brilhante.
Por muito tempo moramos
numa casa,
como ele mesmo dizia,
constantemente amanhecendo.

2 comentários:

  1. Leila amiga querida,
    Foi 1 prazer criar com vc o visual do seu blog. Já sou uma seguidora. Amei a escolha do poema de abertura. Vida longa, bons fluídos e muita luX.
    Bjs,

    ResponderExcluir
  2. Querida!Vc é demais!O Blog ficou lindo!Agradeço de todo coração!
    Muitos beijos pra vc!

    ResponderExcluir